PRF multou presidente da Câmara de Manhuaçu em quase R$ 18 mil por participação em protesto na BR-262

Mais Lidas

Leilão da Cemig oferta 24 imóveis em várias regiões de Minas

Vinte e quatro imóveis, localizados em diversas regiões de Minas Gerai, estão sendo disponibilizados no leilão da Cemig. O Pregão acontecerá na plataforma do...

João Gomes, Tarcísio do Acordeon e Vitor Fernandes vão se apresentar em Muriaé no dia 23 de janeiro

Depois de um longo tempo sem a realização de shows musicais por conta da pandemia do coronavírus, iniciada em março do ano passado, as...

Thiago Brado irá se apresentar em Muriaé no dia 10 de dezembro

Um dos principais nomes da música católica da atualidade, o cantor Thiago Brado, vai se apresentar, nesta sexta-feira (10/12), na cidade de Muriaé. O...

Morre aos 62 anos o empresário Anízio Gardingo, de Matipó

Morreu nesta sexta-feira (12), o empresário Francisco Anízio Gardingo, aos 62 anos. Ele era sócio do grupo familiar Gardingo, do ramo da indústria de...
Advertisement




O Presidente da Câmara Municipal de Manhuaçu, na Zona da Mata, Cleber Benfica (PP), foi multado em R$ 17.608,20 pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) pela participação em um protesto na BR-262. Apesar de a notificação da multa ter chegado nesta semana, o caso aconteceu em fevereiro deste ano, quando manifestantes tomaram a via para protestar contra o número de buracos no trecho.

O vereador explicou que a multa seria baseada no artigo 253-A do Código Brasileiro de Trânsito (CTB). O texto criminaliza o ato de “usar qualquer veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre ela”. Ele ainda teve o valor da infração multiplicado por 20.

Nas redes sociais, Cleber Benfica reafirmou que não organizou a manifestação e não usou automóvel para fechar a rodovia durante o ato. “Eu estava defendendo o grito popular na manifestação. O que mais me chama atenção é que estiveram presentes vários vereadores de Manhuaçu, prefeita, secretários, vereadores de cidades vizinhas, outras autoridades”, explicou.

O presidente da Câmara de Manhuaçu não viu ilegalidade no ato. Ele explicou que foram mais de 200 pessoas no local, mas não houve bloqueio da BR-262. “Fui multado em quase 20 mil reais por ter participado de uma ação popular, acompanhando um desejo popular, depois de uma audiência pública que aconteceu na Câmara Municipal. Porque o povo cobrou providências e colocaram a conta para eu pagar. Questiono: por que que foi somente eu? PRF esteve presente, Polícia Militar. Nada foi feito às escuras”, disse.

Cleber Benfica afirmou que vai recorrer da decisão.

As informações são do Jornal Hoje em Dia

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Brasileiros terão nova Carteira de Identidade Nacional com número único, veja o que muda

Um decreto assinado na última quarta-feira (23/02/2022) pelo Presidente da República, cria um número único de carteira de identidade para todo o país. O...

Em Ponte Nova, pai jogou filha de ponte e pulou no rio Piranga

Um homem de 26 anos agrediu a filha de 6 anos com socos e depois a jogou de uma ponte no rio Piranga, na...

Acidente envolvendo carro e ônibus da Buser em Ewbank da Câmara causa 5 mortes

O acidente aconteceu na BR-040 em Ewbank da Câmara, a colisão ocorreu entre um automóvel e um ônibus de viagem por aplicativo da Buser,...

Operação Rodovida será realizada durante feriados prolongados de Natal e Ano Novo

Com os índices epidemiológicos de Covid-19 em queda, muitas pessoas irão aproveitar o feriado prolongado de Natal e Ano Novo para viajar, o que...

Projeto de Lei que regulamenta transporte por aplicativo em Viçosa é aprovado

A Câmara Municipal de Viçosa aprovou na última reunião ordinário de 2021, na terça-feira (21), o Projeto de Lei que regulamenta o transporte por...