Justiça garante ao Vasco direito de jogar no Maracanã contra Palmeiras

Mais Lidas

Morre aos 62 anos o empresário Anízio Gardingo, de Matipó

Morreu nesta sexta-feira (12), o empresário Francisco Anízio Gardingo, aos 62 anos. Ele era sócio do grupo familiar Gardingo, do ramo da indústria de...

Caminhoneiro famoso no instagram morreu em acidente entre Barbacena e Santos Dumont

Um jovem de 26 anos morreu em um grave acidente próximo à cidade Barbacena, em Minas Gerais, nesta quinta-feira (16). Gabriel José da Rocha...

Zé Geraldo fará shows em cidades da Zona da Mata, veja a agenda

Nascido em Rodeiro, no pé da Serra da Onça, na Zona da Mata de Minas Gerais. Estas são as credenciais do cantor e compositor...

Sicoob Coopemata abre vagas de emprego em Barbacena, Cataguases, Juiz de Fora, Ubá e outras cidades

Dez vagas de emprego foram abertas pelo Sicoob Coopemata, Cooperativa de Crédito com unidades em cidades da Zona da Mata, Campo das Vertentes e...

A Justiça do Rio de Janeiro negou, nesta terça-feira (18), os pedidos de efeito suspensivo feitos por Flamengo e Fluminense contra a liminar que permite ao Vasco da Gama jogar a partida contra o Palmeiras no Maracanã. O jogo será realizado no próximo domingo (23) às 16h, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A decisão assegura a permissão para a venda de ingressos.  

Segundo o desembargador Luiz Eduardo Cavalcanti Canabarro, da 14ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio, os argumentos da dupla Fla-Flu em relação à preservação do gramado não fazem sentido, uma vez que os dois times jogarão em dias seguidos no Maracanã, nesta semana.  

 “O argumento do permissionário de que se faz necessário preservar o gramado do Maracanã cai por terra quando já se encontram marcadas nove partidas para o referido estádio no mês de abril, salientando-se que só na presente semana, em um intervalo de apenas seis dias serão disputadas nada menos do que quatro jogos”, argumentou Canabarro.  

Para o desembargador, já próprios permissionários não seguem a recomendação da empresa que cuida da manutenção do gramado de se respeitar um intervalo de no mínimo 48 horas entre as partidas, o questionamento não é “razoável”.

Entenda

Diante da previsão de grande público, o Vasco solicitou no dia 23 de março a permissão para jogar no estádio. Sem resposta da dupla Flamengo e Fluminense, o clube enviou no dia 3 de abril novo ofício, dessa vez com cópia para Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, mas novamente não obteve retorno.   

Para resolver o impasse, a diretoria do Vasco resolveu levar o caso para a Justiça, ingressando com ação na semana passada na 35ª Vara Cível do Rio.  

Notícias Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Aposta simples e bolão dividem prêmio de R$ 4,2 milhões da Lotofácil desta segunda

Duas apostas acertaram as 15 dezenas do concurso 2824 da Lotofácil, sorteado na noite desta segunda-feira (29), em São Paulo. Como não houve ganhador...

Três apostadores da Bahia foram premiados na Mega-Sena deste sábado

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2596 da Mega-Sena, sorteado na noite deste sábado (27), em São Paulo. O prêmio estava estimado em...

Apostadores do Rio de Janeiro e São Paulo dividem prêmio principal da Lotofácil desta sexta

Duas apostas acertaram as seis dezenas do concurso 2822 da Lotofácil, sorteado na noite desta sexta-feira (26), em São Paulo. O prêmio principal desta...

Duas apostas dividem prêmio principal da Lotofácil desta quinta

Duas apostas acertaram as 15 dezenas do concurso 2821 da Lotofácil, sorteado na noite desta quinta-feira (25), em São Paulo. O prêmio principal desta...

Consumidores de Salvador, Caetité, Vitória da Conquista e outros municípios foram premiados no Nota Premiada Bahia de maio

O resultado do sorteio de maio da Nota Premiada Bahia saiu nesta quinta-feira (25), contemplando 91 participantes residentes em 22 municípios do estado. O...